Inscrições de Elementares

Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Inscrições de Elementares

Mensagem  Administração em Sex Nov 11, 2011 9:27 am

Siga os passos para se tornar um Elementar.

Nome:
Idade:
Elementar de: (ver os poderes)
Quando chegar no nível 10 virará um: (Coloque o animal desejado)
Tribo: (Escreva se você quiser ser, além de um Elementar, de uma tribo)
Arma: (mesmo sendo um Elementar você precisará de uma arma de ataque)
Características físicas e psicológicas:
História do personagem: (mínimo de 5 linhas)
Turno Demonstrativo: (minimo de 8 linhas)
Administração
Administração
Admin

Mensagens : 91
Data de inscrição : 09/11/2011
Idade : 21
Localização : Curitiba, PR

Ficha do personagem
Personagem:

Ver perfil do usuário http://oselementaisrpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Re: Inscrições de Elementares

Mensagem  Raphael de Lupthus em Qua Nov 16, 2011 2:40 pm

Inscrições de Elementares 5e1f4a46
Raphael de Lupthus - Elementar da Água
Keste
"Because in real life You're not what I thought Real life This isn't what I want Guess things aren't always what they seem"

Nome:
Raphael de Lupthus

Idade:
15 anos

Elementar de:
Água

Quando chegar no nível 10 virará um:
Grífon

Tribo:
Keste

Arma:
Arco e flecha. O lugar onde Raphael pega com a mão, no Arco, é de água, sem falar das pontas das flechas, que também são assim. O detalhe mais importante de sua arma, é que as flechas nunca acabam.

Características físicas e psicológicas:
Físicas: Raphael tem 1,72 e 65 quilos; pele bronzeada; cabelos curtos e castanhos; olhos verdes; Não é muito musculoso, mas mesmo assim eles aparecerem um pouco.
Psicológicas: É calmo; engraçado; um pouco atrapalhado; faz amigos muito rapidamente e de confiança; não gosta de brigas; porém, a personalidade mais importante: ele é gay.


História do personagem:
Raphael nasceu em uma família Keste, muito trabalhadora e respeitada por todos. Seu pai, Leonardo, é professor e sua mãe, Luciana, é gerente de uma loja de doces. Não são ricos, mas também não são pobres, são da classe média alta. Desde menino soube que gostava de pessoas do mesmo sexo, mas nunca contou a ninguém, por medo; não pelos Keste, pois eles são super compreensivos e acolhedores, mas sim pelos outros, os Humanos e os Arápidos. Raphael, porém, nunca foi descoberto, já que engana as pessoas muito bem. No seu aniversário de 15 anos, olhando o seu reflexo na água do lago perto de sua casa, ele pensou em como seria legal ser um Elementar e poder dominar os elementos. Então fez um movimento com a mão e um pequeno filete de água começou a subir. Raphael teve certeza do que ele era. No mesmo dia, contou a seus pais que, muito compreensivos, aceitaram que ele tinha de partir. Após este dia, sua vida não seria a mesma, ele já sabia.

Turno Demonstrativo:
- Por quê? - Eu pensava exaustivamente. Não entendia por que eu tinha de ser diferente do resto e por que eu não podia ser diferente do jeito que eu queria. Por quê?, eu pensava sem parar enquanto olhava meu reflexo ondular na água do lindo lago Ccoach. - Sabe - Falei para o meu próprio reflexo -, é um pouco difícil guardar um segredo de todos pelo resto de sua vida e saber que você é estranho, mesmo você mesmo não se achando. - É incrível como, mesmo sendo só um reflexo, é bom quando eles ouvem; é como se um peso fosse tirado das minhas costas; como se um nó enorme na garganta fosse embora. - Como eu queria poder contar pra alguém que não fosse pra minha sombra - murmurei, depois de um tempo sem falar nada. Olhei, então, para o céu. Era alaranjado, com nuvens que pareciam ter sido pintadas; era o pôr-do-sol. Pena, comecei a pensar, que eu não posso voar como os Elementares do ar. Deve ser maravilhoso sentir o céu. Foi aí que eu senti algo levantar minha mão direita, foi aí que eu senti algo muito bom em minha pele e foi, também neste momento, que eu vi a melhor coisa que poderia acontecer: um filete de água levantar do lago. - E-eu... n-não... - Segurei minha mão direita com minha mão esquerda e caí, apavorado e muito feliz ao mesmo tempo. Então eu era, realmente, um Elementar; todos estes anos sonhando como seria ser um, agora, depois de todas as preces e tentativas falhas, eu consegui, eu, definitivamente, sou um Elementar. E da água, que é o elemento mais legal, na minha opinião. - Preciso falar com meus pais! - E, neste instante, esqueci toda minha infelicidade de ninguém saber o maior segredo de minha vida.
Raphael de Lupthus
Raphael de Lupthus
Treinando

Mensagens : 31
Data de inscrição : 16/11/2011
Idade : 23

Ficha do personagem
Personagem:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Re: Inscrições de Elementares

Mensagem  Cheyenne Delafont em Qua Nov 16, 2011 3:46 pm

Cheyenne Delafont
17 anos
Fogo
Lince
Keste
Cimitarra
Cabelos negros e cacheados, pele clara, olhos extremamente azuis. Possui nariz fino e traços delicados, e é bem bonita. É bem forte, determinada, curiosa e não conhece limites e muito menos regras. Porém, além de tudo é extremamente silenciosa e só fala se achar necessário.
Nasceu em uma família Keste que sempre deu de tudo para educar e tratar bem a filha. Porém, não contavam pelo comportamento rebelde da menina quando esta crescesse, e tudo começou quando Cheyenne tinha doze anos. Ficou com medo de contar para a família, porém enfim revelou no seu aniversário de quinze anos. Conversou bem com a família e estes entenderam e aceitaram a jovem com suas "novas" habilidades. É louca por música desde os sete anos, mas sempre preferiu o alto, agudo e penetrante som da guitarra. Adora misturar também música de orquestra incrementando o som da sua guitarra no meio de tudo. Filha única, sempre sentiu falta e a vontade de ter um irmão, sendo este mais velho ou mais novo.

* * *

Enfim, estava chegando em casa. Estava louca para encontrar minha bela guitarra e tocar algumas músicas. Para enfim deixar aquele magnífico som me seduzir e me deixar louca. Era esse o efeito daquele timbre agudo que o instrumento tocava. Não gostava do silêncio. Jamais gostei. O silêncio é como a morte para mim, o anúncio do crepúsculo do mundo. Agora, se houver um único som, saberá que há vida, que há esperança. E aquele som rebelde, livre, encantador e épico da guitarra representava isso ainda mais. Abri a porta e fui logo dizendo rápidos "Oi"s para todos e corri para meu quarto. Lá estava ela. Vermelha com um certo estilo que a fazia parecer cintilar. Sorri. Fui até ela, peguei-a e sentei-me na cama, passando a mão delicadamente por todos os lados da mesma.
Hoje era um dia importante, afinal. Eu havia encontrado o paraíso. Um local, onde um grupo de músicos se reunia para tocar. Eles eram realmente uma orquestra e iriam ver como eu tocava para que eu talvez pudesse entrar. Imagine só, uma bela orquestra tocando, e aí, no meio, aquela guitarra. Nossa! Ia ser mais do que maravilhoso! Ia ser espetacular! — Hoje — falei para mim mesma —, nada vai me impedir de realizar esse sonho. Nem ninguém. E jamais me deixarão triste.
Cheyenne Delafont
Cheyenne Delafont
Iniciante

Mensagens : 10
Data de inscrição : 11/11/2011
Idade : 25

Ficha do personagem
Personagem:

Ver perfil do usuário http://virusdoapocalipserpg.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Re: Inscrições de Elementares

Mensagem  Kurt Lars em Qua Nov 16, 2011 5:52 pm

Inscrições de Elementares Tumblr_lu062obnIg1qgtjjjo8_250 Inscrições de Elementares Tumblr_lu062obnIg1qgtjjjo7_250 Inscrições de Elementares Tumblr_lu062obnIg1qgtjjjo4_250
Kurt Lars Elementar do Ar Nível OO

nome

    Kurt Lars

idade

    17 anos

elementar de

    Ar

quando chegar no nível 10 virará um

    Águia

tribo

    Keste

arma

    Chicote que quando usado com força, pode soltar uma forte rajada de vento

características físicas e psicológicas

    Kurt é quieto, e sempre possui uma música tocando em sua mente. Qualquer som aos seus ouvidos torna-se uma sinfonia. É gentil, honesto, determinado e inteligente. Possui cabelos castanho-escuros, pele clara, mede 1.74m, olhos extremamente azuis. Precisa usar grandes óculos para ler e escrever, mas para qualquer outra situação, ele não os usa.

história do personagem

    Kurt nasceu em uma família Keste de alta renda. Desde pequeno, os pais perceberam que o menino sempre cantarolava e parecia sempre tornar-se mais alegre ouvindo CD's de música clássica. Especialistas no assunto disseram que Kurt seria um maestro quando crescesse, e o pequeno pareceu animado com a ideia. Portanto, os pais sempre investiram em aulas de música. Kurt assim aprendeu a tocar violão, guitarra, piano, teclado, baixo, violino, violoncelo, flauta, clarinete, trompete e harpa. Porém, o que sempre o atrai mais, é o piano. Quando tinha doze anos seus pais engravidaram de uma garota, Alexia, do qual Kurt apegou-se muito e rapidamente. Alexia também adora o irmão, e sempre que pretendem um momento de calma ou Alexia não consegue dormir, Kurt toca uma música para a pequena.

turno demonstrativo

    O relógio já marcava ter passado das três da manhã. Eu estava ainda acordado com meu iPod, ouvindo músicas orquestradas que tinha baixado no mesmo. A chuva caía do lado de fora e mesmo com a janela fechada, o cheiro de terra molhada adentrava minhas narinas e me agradava. Não sei porque ainda não havia dormido, só sei que o sono ainda não havia dado vestígios em mim. Ouvi então ao fundo três batidas na porta do quarto. Sentei-me na cama. — Quem é? — Kurt! Não consigo dormir! Era Alexia, minha irmã mais nova de apenas cinco anos. Sorri e retirei os fones do ouvido. — Pode entrar. A porta se abriu. Lá estava a pequena menina que não tinha nem um metro e meio, com cabelos castanhos ondulados e olhos incrivelmente negros. Isso era engraçado pois ninguém na minha família tinha olhos escuros, e com uma psicose de meu pai, foram feitos testes de DNA e ela é filha dele. Bati na cama de leve sinalizando para que se sentasse ali. Ela veio e deitou-se bem ao lado na cama. Peguei então meu violino, respirei fundo, e comecei a tocar. Alexia ajeitou-se até ficar com a cabeça em meu colo. Sorri. Toquei, toquei e toquei, até que estava perdido e dominado pela música. Quando enfim percebi, Alexia estava em sono profundo, completamente aconchegada. Coloquei o violino de lado, ajeitei-a na cama, e deitei-me melhor. Não a levaria para seu quarto pois logo ela acordaria com isso. Deixei ela ali, deitada do meu lado, e então, incrivelmente, consegui dormir.
Kurt Lars
Kurt Lars
Treinando

Mensagens : 27
Data de inscrição : 16/11/2011
Idade : 25

Ficha do personagem
Personagem:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Re: Inscrições de Elementares

Mensagem  Payton Chevalier em Qui Nov 17, 2011 8:12 pm

Inscrições de Elementares Demi-is-back-part-one-oInscrições de Elementares Demi-is-back-part-two-oInscrições de Elementares Demi-is-back-part-three-o
Payton Chevalier - Elementar da Terra
Keste
"I'm gonna love you like I've never been broken, I'm gonna say it like It's never been spoken
Tonight, tonight I'm lettin' go
I'm gonna give it like It's been taken, I'm gonna fall like I don't need saving
Tonight, tonight I'm lettin' go"


Nome:
Payton Chevalier
Idade:
16 anos
Elementar de:
Terra
Quando chegar no nível 10 virará uma:
Serpente
Tribo:
Arápida
Arma:
Foice
Características físicas e psicológicas:
Alta, magra, cabelos castanhos claros, traços do rosto bem desenhados e é muito bonita. Alegre; confiável; engraçada; um pouco sarcástica e maliciosa; uma perfeita amiga.
História do personagem:
A vida de Payton é um pouco complicada, já que nasceu na tribo Arápida. No entanto, ela considera que foi uma coisa boa, já que aprendeu muitas artes marciais e manejos de armas, sem falar que tem um raciocínio lógico muito desenvolvido. Seus pais, Carmélia e Rícaro, nunca deram a devida atenção para Payton e isto, por incrível que pareça, não afetou o comportamento ou sentimentos aos pais. Não tem irmãos ou irmãs. É filha única. O que, na sua família, não é muita coisa, já que eles são uma família de classe média-baixa. Certo dia, andando pelos lindos campos (um lugar escondido de tudo e todos que somente Payton sabe o caminho), Payton deparou-se com um flor morta. Imediatamente seus instintos a colocaram lá, perto da flor e, como um milagre, ela começou a falar com a menina. Payton não entendeu muito no começo, mas, quando parou para pensar um pouco, percebeu que era uma Elementar. O que deixou-a com um pouco de medo, já que sempre foi ensinada que estes poderiam fazer-na mal. Decidiu, então, que deveria sair de casa.
Turno Demonstrativo:
Como os campos são incríveis, eu pensava. Não tem nada que consiga ganhar disto: gramas verdes, cheiro de terra molhada, às vezes, uns coelhinhos que apareciam correndo um atrás do outro e as árvores. Uau, como as árvores eram grandes e bonitas; não tem como não olhá-las. Mas, por que o ar estava co um cheiro de algo estragado, podre, morto?
Então o meu olhar foi desviado para uma flor, um pouco grande para uma, mas mesmo assim, que estava morta, despedaçada. Não me pergunte como, nem porquê, mas, de repente, eu estava do lado dela, acariciando-a, falando que tudo iria dar certo.
- Acalme-se, florzinha. Você vai ficar bem... Ssh - Mas eu sabia que ela não tinha chance: estava à mercê dos decompositores, àquela morte terrível e dolorosa.
O que?, pensei. É só uma flor. Então, por que eu me preocupo?
Porque você é uma Elementar da Terra. - Uma voz sibilou em minha cabeça.
- Quem está aí? - Olhei para todos os lados, apoiando-me na posição de kung fu.
Sou eu, a "florzinha"
Olhei-a muito devagar, só para confirmar que o que eu tinha ouvido tinha sido uma peça da minha cabeça, e não a verdade, porém, o que vi, foram dois olhos me encarando. Larguei-a imediatamente, como se ela tivesse me queimado muito feio.
Mas ela não precisou falar mais nada (até porque eu nem queria, mas isso nem vem ao caso) e eu já soube: Eu sou o que eu estava me preparando para encarar.
Ou seja, pensei, tenso. Muito tenso...
Payton Chevalier
Payton Chevalier
Treinando

Mensagens : 25
Data de inscrição : 17/11/2011
Idade : 24

Ficha do personagem
Personagem:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Re: Inscrições de Elementares

Mensagem  Sadie Harmon em Ter Dez 06, 2011 6:13 pm

Inscrições de Elementares Tumblr_lv8gb30paO1r1rwim
Sadie HarmonElementar do Ar Keste Nível OO

Nome Sadie Harmon
Idade Dezesseis anos
Elementar de Ar
Quando chegar no nível 1O virará um Tigre branco
Tribo Keste
Arma Dois machados de ferro com ouro nas pontas.
Características físicas e psicológicas Portadora de um corpo pequeno e magro, apesar disso nunca deixou de ser atraente, com seus cabelos uma hora lisos outro ondulados de uma cor loura e um pouco escura. Sua personalidade é teimosa, corajosa, sincera e curiosa, tendo por suas vezes, podendo ser considerada como irritante. Mas apesar disso é uma ótima pessoa e calma, pode mostrar ser extremamente forte, mas a realidade não é bem assim.
História Nascida em uma família Keste não muito rica e consideravelmente normal, sua vida não era algo tão impressionante, - tirando o fato de umas pequenas confusões que de vez enquanto ela se metia por ser sincera até demais -, até então descobrir suas verdadeiras habilidades. Fazendo assim, sua vida dar um salto radical de uma hora pra outra. Apesar disso nunca mudou sua relação com seus pais, que primeiramente estranharam mas depois aceitaram "normalmente", mas preferiam até por um certo tempo manter isso em segredo até que ela se sentisse pronta para realmente dizer a todos a sua verdadeira realidade, dizendo assim. Antes mesmo de seus pais saberem disso quem sabia era seu irmão Kieran, tinha dezoito anos, até ser assassino misteriosamente deixando uma grande marca em Sadie, literalmente. Eles estavam em casa, apenas eles, e alguém invadiu, não dava para saber quem era, principalmente porque depois do ocorrido Sadie não conseguiu se lembrar de praticamente nada. Apenas de seu irmão caindo no chão, morto, e ela tentava evitar algo e acabou levando um médio corte na cintura. Deixando uma cicatriz tanto física quanto emocional. Não era uma cicatriz feia, mas podia mostrar o quanto ela dolorosa. Depois disso, ela ficou dias sem falar, até que então retomou sua vida normal, mesmo tendo todos os dias chorando por isso.

Turno Demonstrativo
Eu nem ao menos sabia onde estava. Apenas sabia que era um lugar com um ótimo aroma, o céu em breve iria escurecer deixando suas grandes nuvens irem sumindo aos poucos para assim deixar a vez das estrelas, e o vento estava calmo mas ligeiramente um pouco mais forte. Fechei os olhos e deixei curtir o momento tentando relaxar um pouco. Fiquei segundos ou até minutos assim, perdi a noção do tempo, apenas me deitei no chão com folhas secas entrando em volta de meus cabelos atualmente levemente ondulados. Ah, bem melhor assim. - disse ainda com os olhos fechados, e quanto mais o vento aumentava, - de leve -, me tinha uma sensação sobre o corpo como se minha força estivesse aumentando. Realmente, era... estranho. Mas legal também. Trec... trec, trec, trec! Abri os olhos. Era o som de galhos se quebrando ao chão. Franzi a sobrancelha me levantando rapidamente, colocando as mãos no bolsa, pegando um isqueiro (que nem funcionava mais, aliás) qualquer apontando para todos os lados como ameaça de quem quer que esteja aí. Quem que você seja, apareça! - silêncio. - Anda! Nada. Dei de ombros. Talvez eu esteja ouvindo vozes, eu acho, apenas coloquei o isqueiro novamente no bolso já me preparando para ir embora desse lugar. Até então, ver um vulto enorme passar não tão mais ao longe de mim, a única reação que pude ter foi arregalar os olhos e dar um pequeno salto para trás diante o susto. Havia realmente alguém aqui e não era alucinação minha.
Sadie Harmon
Sadie Harmon
Iniciante

Mensagens : 11
Data de inscrição : 06/12/2011
Idade : 24

Ficha do personagem
Personagem:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Re: Inscrições de Elementares

Mensagem  Luvyene Jagaciak em Qua Dez 07, 2011 1:35 pm

Inscrições de Elementares Tumblr_lvt4qoqZm01qhrjqn
Luvyene Jagaciak Elementar da Água Keste Nível 00
"Call my name and save me from the dark"

Nome
Luvyene "Luv" Jagaciak

Idade
17 anos

Elementar de
Água

Quando chegar no nível 10 virará um
Tubarão Branco

Tribo
Keste

Arma
Uma besta, além de uma faca, usada para combates de perto.

Características físicas e psicológicas

Tem longos cabelos castanhos e olhos verdes, sendo alta e magra. É realmente doce e calma, porém isso pode mudar a qualquer segundo. É uma veloz nadadora, porém tem certas memórias desagradáveis relacionadas a água, se mantendo o mais longe possível da mesma.

História do personagem
Nascida de uma família pobre de pescadores Keste, desde pequena aprendeu algo sobre histórias sobrenaturais. Apesar de nunca acreditar em nenhuma delas, acabou por mudar seu jeito de pensar aos doze anos, ao descobrir seus poderes. Mas nunca gostou deles, nunca gostou da água, teve várias experiências desagradáveis relacionadas a mesma. Sempre preferiu se manter em terra firme. Mora com os tios, os pais morreram no mar há poucos anos atrás. E a garota estava lá, porém não se afogou. Ela tentou salvar os pais, mas seus poderes não iam tão além. Aliás, a única coisa que pode fazer foi manter-se viva, e até mesmo isso foi extremamente difícil. Seus tios até hoje a olham como uma praga, como se a culpa da morte de seus pais fosse dela. Ela, então, tornou-se um tanto rebelde, fugindo de casa pela janela de seu quarto quando ficava de castigo, quebrando coisas durate a briga. Alguns anos depois, ela ainda se esforça para se aproximar novamente da água, porém tem sido cada vez mais fácil chegar perto de rios e lagos, mas não do mar. É tida como louca, porque sempre diz que a correnteza não foi comum, que havia algo a mais, o que foi negado pelos cientistas.

Turno Demonstrativo

A escuridão da noite parecia ser menor naquela noite de lua cheia. A água respingava no rosto de Luvyene, enquanto a mesma se apoiava na beira do barco de seus pais. Tinha 15 anos, apenas, porém já se imaginava herdando o barco dos pais, que agora deslizava calmamente pelas águas. Ela tinha medo daquela coisa. Já havia tido diversas experiências ruins em sua vida, e a água sempre estivera presente. Por fim, se virou para falar com a mãe, quando ouviu um estrondo. O barco batera em uma pedra.
Ela chamou o pai, o único que saberia o que fazer. Mas, ela percebeu, horrorizada, ele já havia visto, e se jogara no mar, para ver o que poderia fazer. Era um erro pular no mar. O que ele pensava que estava fazendo? Sua mãe foi ajudá-lo, e ela acabou por ir também. Mas nenhum dos três imaginou que a correnteza estaria tão forte.
O primeiro a ser levado foi o pai, e Luv tentou segurá-lo, e conseguiu, por um tempo. Porém sua mãe também foi levada, e suas mãos não conseguiram pegar os dois e se manter na pedra, sendo ela também levada pela correnteza.
Eles estavam próximos da praia. Ela conseguiu nadar até a praia, segurando as mãos dos pais. E, depois, acabou por desmaiar, tendo sido a única sobrevivente, e passando um bom tempo no hospital.
Luvyene Jagaciak
Luvyene Jagaciak
Iniciante

Mensagens : 7
Data de inscrição : 07/12/2011

Ficha do personagem
Personagem:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Re: Inscrições de Elementares

Mensagem  Jason Jones Williams em Sex Dez 09, 2011 1:00 pm

Inscrições de Elementares Tumblr_lvjmejT5mm1qliazyo1_500
Jason Jones Williams||Elementar de Fogo||Keste||Nível 00

Nome: Jason Jones Williams

Idade: 17 Anos

Elementar de: Fogo

Quando chegar no nível 10 virará um: Leão

Tribo: Keste

Arma: Uma espada com levemente torcida na ponta, quando a luta começa a esquentar a espada pode fazer cortes de fogo, se tornando assim uma arma muito poderosa.

Características físicas e psicológicas: Jason é alto tem 1,80m, 65kg, seu cabelo é castanho escuro o corte é sempre meio diferente já que Jason sempre deixa o cabelo arrupiado, olhos azuis, tem um pouco de barba mas nada muito exagerado, Jason é rebelde e nunca obedece as ordens dos seus pais, tem personalidade forte e não leva desaforo para casa.

História do personagem:
Nasceu em uma família de classe média alta em Keste. Seus pais são comerciantes muito respeitados que nunca deixaram Jason ter liberdade quando era criança. Por esse motivo de tornou um adolescente rebelde que nunca respeita as ordens de seus pais o que gera várias brigas entre pai e filho. Tem uma irmã mais nova de 12 anos chamada Nina, os dois se dão bem quando Nina está longe do quarto de Jason. Aos 10 anos o garoto percebeu algumas habilidades especiais mas nunca teve coragem de revelar a ninguém. Achava que ninguém devia saber sobre esse assunto nem mesmo seus pais.
Aos 13 anos começou a ter um pensamento diferente sobre seus pais, foi aí que começou a se tornar rebelde. Nessa mesma época entrou em várias brigas e chegou até a responder seu pai. Isso gerou apenas uma grande confusão na família. O garoto sempre gostava de ouvir músicas mas em especial estava o heavy-metal, além disso sabia tocar alguns instrumentos (guitarra, bateria e violão). Porém seu pai nunca gostou dessa atitude de Jason.


Turno Demonstrativo:
Estava no meu quarto tentando compor uma música quando Nina, aquela pestinha, chegou para me interromper. Sempre que eu estava em paz ela vinha mexer no meu quarto só para me irritar e para eu me dar mal mais uma vez. Eu já estava de castigo por ter dado uma surra em um pivete que morava perto da minha casa. Ela entrou no quarto me olhou com aquele seu olhar de menininha mimada e começou suas brincadeiras sem graça. Para começar pegou minhas baquetas e começou a bate-las nas paredes. Tive que fazer com que ela parasse ou então me ferraria de novo:
-Pare com isso Nina! Vai brincar de boneca com suas amigas e vê se me deixa em paz!- Eu disse lhe tomando as baquetas.

-Calma Jason! Eu só estava querendo brincar!
Ela deu um sorrisinho cínico e se sentou na minha cama. Pra falar a verdade eu gostava dela, apesar dela ser uma pestinha chata e mimada. Me sentei do seu lado para conversar um pouco com ela.
-Por quê sempre quer me ferrar?

-Não sei gosto de fazer isso com você... mas acho que não vou fazer mais... se você me ensinar a tocar bateria, me ensina? por favor!
-Tudo bem pegue as baquetas vou lhe ensinar um pouco hoje!
Dei um sorriso para ela e comecei a lhe ensinar como tocar. Achei que estava na hora de fazer uma coisa gentil para Nina, e ela até que levava jeito. Bem eu podia ensiná-la até meu pai chegar... porque com toda certeza quando ele chegasse e desse de cara com Nina tocando bateria ele teria um surto e o grande culpado seria eu. Mas dei um jeito dele não saber. Então assim o resto da tarde foi bem tranquilo.
Jason Jones Williams
Jason Jones Williams
Iniciante

Mensagens : 7
Data de inscrição : 09/12/2011
Idade : 24

Ficha do personagem
Personagem:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Re: Inscrições de Elementares

Mensagem  Scarlett Collins em Ter Dez 20, 2011 1:05 pm

Inscrições de Elementares Tumblr_ln20mjdMWC1qjlqad
Scarlett Collins Ѽ Elementar do Fogo ѼKeste Ѽ Nivel 00


Scarlett Collins
17 anos
Fogo
Fénix
Keste
Besta e um sono ingles
Longos cabelos loiros e lisos, olhos azuis claros escondidos pela maquiagem pessada uam boa estatura e um corpo bem definido. Bem estressada e estourada, odeia a maioria das pessoas e raramente fez algum amigo que leva para a vida toda.
Nascida em uma familia considerada rica da tribo keste. Sendo filha unica tinha tudo o que queria na mão. Saia com um grupo de pessoas bem problematicas que alguns poderiam jurar que psicopatas. Aos doze anos descobriu seus poderes, nunca havia contado a ninguem nem mesmo a seus pais, enquanto descobria o que seus poderes podiam fazer sem querer queimou seu gato John(em homenagem a o baterista morto da banda Led Zeppelin), passou a ter mais cuidado. Scar adorava tocar na madrugada para acordar todos os vizinhos ou até mesmo seus pais, que muitas vezes já sabiam dos planos da garota e davam um jeito ou de sumir com seus instrumentos.

Ѽ Ѽ Ѽ

A garota estava deitada em sua cama passando a mão em John enquanto olhava para seu teclado que esava parado a meses, pela primeira vez seus pais haviam a colocado de castigo proibiam-a de sair durante um mês, as unicas coisas que ela fazia nesse tempo era ficar deitada em sua cama olhando para o teto, “brincar” com John e dar uma “olhada” em seus poderes.
Ela voltou a encarar o teclado, Scar queria muito tocar mas não tinha nada em sua cabeça nenhuma melodia que a agradava, lutando contra todas as fibras de seu corpo ela se pos de pé pegou o teclado passou a mão sobre ele tirando o pó que ali havia “morado” por meses, ela pousou os dedos sobre algumas teclas e começou a tocar querendo que elas fizessem algum sentido mas nada que ela tocava fazia sentido, por raiva ela jogou o teclado contra a parede fazendo-o se partir, fazendo seus pais aparecerem em seu quarto.[/center]
- Isso mesmo Scarlett quebra tudo so por que não te colocamos de castigo.
- Vocês dois sumam da minha frente agora!
Scarlett Collins
Scarlett Collins
Iniciante

Mensagens : 2
Data de inscrição : 08/12/2011
Idade : 24

Ficha do personagem
Personagem:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Inscrições de Elementares Empty Re: Inscrições de Elementares

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum